FACEBOOK     INSTAGRAM     LINKEDIN         Atendimento 24 horas: +55 (16) 3209-1666.

5 distúrbios que podem afetar seu sono

Distúrbios do sono são alterações na capacidade de dormir com qualidade e podem surgir em qualquer idade. Eles acontecem por alterações cerebrais, por desregulação entre o sono e a vigília, alterações respiratórias ou por transtornos do movimento.

São dezenas de tipos e todos eles precisam ser devidamente tratados para não afetar a saúde do corpo e da mente. Hoje, vamos apresentar 5 dos principais tipos que acometem as pessoas. Confira:

Insônia: é o mais frequente dos distúrbios e é caracterizado pela dificuldade em iniciar e manter o sono, despertares durante a noite ou acordar cedo, provocando sono e cansaço durante o dia. Consultar um médico e descrever seus hábitos é essencial para encontrar a origem do problema.

Apneia do sono: é caracterizada pela pausa na respiração,causando incapacidade de atingir fases mais profundas no sono e, por consequência, dores de cabeça, perda de concentração, irritabilidade e pressão alta. Em longo prazo, pode levar a doenças cardíacas e metabólicas. O diagnóstico é feito através da polisonografia.

Sonambulismo: mais comum em crianças, a também conhecida como parassoniaativa áreas do cérebro em momentos inapropriados, contudo não apresenta relação com problemas mentais ou psicológicos. Na maioria dos casos, não é necessário tratamento e o quadro tende a diminuir a partir da adolescência. Em outros momentos, pode haver indicações de medicamentos.

Síndrome das pernas inquietas: é um distúrbio neurológico que causa sensação de desconforto nas pernas e provoca uma necessidade incontrolável de movimentá-las. Existe uma ligação genética para a síndrome, mas ela pode ser piorada em períodos de estresse e pelo uso de substâncias estimulantes. Ela é tratada com remédios e exercícios físicos, que ajudam a melhorar a angústia nas pernas.

Narcolepsia: trata-se de um ataque de sono incontrolável, que leva a pessoa a dormir em qualquer hora e lugar. Os ataques podem acontecer poucas ou várias vezes ao dia e costumam durar alguns minutos. O tratamento demanda mudanças no estilo de vida e o uso de remédios estimulantes para manter a pessoa desperta.

Se você apresenta algum distúrbio do sono, consulte seu médico e lembre-se: somente ele pode dizer qual o tratamento mais adequado para o seu caso. Siga sempre à risca as orientações do profissional e nunca se automedique.

Leave a Reply

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Cadastre-se para receber nossas novidades: